• Caroline Dalri

Harmonização orofacial em atletas


Sabemos que o exercício físico traz inúmeros benefícios no processo de saúde e envelhecimento humano. Melhora a capacidade cardiorrespiratória, prevenindo doenças cardiovasculares e osteoporose, por exemplo. Porém quando realizado em excesso, promove o envelhecimento acelerado das células, visto que aumenta a produção de radicais livres que desencadeiam o estresse oxidativo.

A pele também sofre alterações fisiológicas ao longo da vida e o atletas, sejam eles de alta performance ou simples praticantes, são os que mais sofrem com o envelhecimento facial acelerado.

Em esportes em que há exposição ao sol faz com que a pele perca elasticidade e desenvolvam manchas e rugas, por isto os cuidados faciais devem ir além do uso de protetor solar e a hidratação com água (que é muito importante ein!!).

A face é constituída majoritariamente por ossos, músculos, gordura e pele. Para a pele há produtos com capacidade de bioestimular a produção de colágeno, permitindo uma volumização e hidratação da pele, reduzindo a flacidez. Como exemplo, temos o ácido hialurônico que pode ser utilizado como forma de skinbooster - que irá promover uma hidratação mais profunda da pele, melhorando sua elasticidade e seu aspecto – ou como preenchedor, que irá suavizar os sinais do envelhecimento ao mesmo tempo em que é absorvido pelo organismo promovendo a produção de colágeno.

Outro método é o IPRF (Plasma rico em fibrina injetável) que oferece uma melhor resposta tecidual, melhorando a microcirculação do local e a formação de colágeno. Tornando a pele mais viçosa e hidratada, reduzindo as linhas de expressão e até mesmo, uma melhor sustentação, pois o procedimento regenera e repara os tecidos da face. Já para os músculos há o famoso e queridinho “botox”.

Entretanto, devemos nos atentar ao fato que tanto a toxina botulínica como o preenchimento/skinbooster com ácido hialurônico terá duração menor em atletas, pois:

  1. Durante atividade física intensa é comum contrairmos muito os músculos faciais involuntariamente, recrutando demais da musculatura facial, fazendo com que a toxina botulínica seja absorvida mais rápido, além de a massa muscular facial ser maior.

  2. Atletas possuem produção aumentada de radicais livres, entretanto dependendo do produto de ácido hialurônico utilizado, e da quantidade de ligações entre as moléculas do local da aplicação, a duração pode variar de 6 a 18 meses.

Por isso, para a escolha do produto ideal deve ser levado em consideração diversos fatores,

Visite um profissional capacitado e atualizado, que leve em consideração a rotina do atleta ao estabelecer condutas de tratamento.


257 visualizações

Quer ficar por dentro das novidades?

Se cadastra aqui: 

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Balneário Camboriú - SC

(47) 9 9158 3050