• Clara Padilha

A ATENÇÃO DO DENTISTA EM CADA ESPORTE – PARTE 1


Para conversamos com nossos pacientes atletas, nada melhor que entender um pouco sobre seu esporte certo?



Por isso, os próximos artigos serão explicando um pouco sobre alguns esportes e o que nós, dentistas, devemos prestar mais atenção em cada um deles.


Serão divididos em categorias: atletismo, esporte de contato, esportes individuais, esportes aquáticos.


Há um infinidade de esportes, não sendo possível abranger sua totalidade por enquanto nessa sequência de artigos.


Lembre-se que é de suma importância procurarmos entender e abraçar a realidade do atleta!!


ATLETISMO


O Atletismo é um dos esportes mais populares do mundo e isso se deve ao baixo investimento financeiro para sua prática.



No atletismo temos a corrida (rasa, com barreiras, obstáculos, maratonas), marcha atlética, revezamentos, saltos, arremessos e lançamentos, combinada. Em cada uma dessas provas há um total de 20 modalidades diferentes, diferenciando pelo percurso e equipamentos utilizados.


  • As corridas podem ser de curta distancia ou tiro rápido, podendo variar de 100 a 3000m; as corridas rasas variam de 100m a 10km; marcha atlética até 50000m e as maratonas chegam a 42km. Nos casos de longas distâncias, umas das consequências bucais é que há uma diminuição no fluxo salivar que desempenha função protetora na boca, assim o atleta fica mais suscetível a doenças orais, como cáries, doença periodontal, erosão dental, entre outras. (Para saber mais sobre a injúria causadas pela corrida: clique AQUI)


  • Corridas com obstáculos e de revezamentos vão de 100 a 3km e devido ao tipo de esporte, tem maiores chances de trauma, visto que há obstáculos pelo percurso além de quantidade de participantes ser maior.



  • Os arremesso/lançamentos nada mais é do que o lançamento de um objetivo a maior distância possível, seja dardo, martelo, disco ou peso. Nesse caso, os atletas podem realizar o apertamento dentário devido à explosão muscular solicitada no momento do lançamento. Em casos de estímulo repetitivo o apertamento dentário causa problemas na ATM, dor de cabeça, fratura dentaria, sensibilidade, entre outros.


Carneiro (2015) trouxe em seu estudo o seguinte resultado sobre ocorrência ou não de lesões bucais e/ou faciais, 22 (73,3%) atletas não apresentavam histórico de lesões, enquanto 8 (26,7%) apresentam ou já apresentaram algum tipo de trauma devido à prática esportiva. Dentre as lesões relatadas, 1 (12,5%) atleta apresentou histórico de lesão de tecido ósseo, 7 (87,5%) tecidos de moles.


Nenhum dos atletas faz uso de protetores bucais.



CARNEIRO, SDRM et al. Condições da saúde bucal de atletas de atletismo. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 20, Nº 210, Noviembre de 2015.

70 visualizações

Quer ficar por dentro das novidades?

Se cadastra aqui: 

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Balneário Camboriú - SC

(47) 9 9158 3050