Dentista do esporte: Qual o perfil profissional necessário?

September 24, 2017

Quais as afinidades que este profissional possui? Quais as áreas "irmãs" dentre as outras especialidades com as quais temos mais aptidão? Quais características devemos cultivar para termos uma atuação mais abrangente? Eita, quanta coisa... 

 

bora. 

Dentistas do esporte possuem algumas características diferenciadas necessárias para o seu trabalho: são profisisonais são menos  auto-centrados e tendem a ser mais trabalhadores de equipe. 

 

O Dentista do Esporte já nasce sabendo trabalhar em equipe. É necessário, eu diria até, imprescindível, para o correto e eficiente trabalho no esporte. 

 

A semelhança da odontopediatria e odontogeriatria, nosso trabalho tem uma forte raiz generalista, voltada a um público específico. Portanto mesmo dentro de nossa especialidade possuímos algumas afinidades com as áreas de: 

.cirurgia - traumatismo

.endodontia

.materiais dentários

.prótese

.oclusão

 

Além de precisar estudar muito áreas não pertencentes a Odontologia como, por exemplo, Fisiologia do Esporte, uma cadeira importantíssima para nosso trabalho e que nos permite entender as variações fisiológicas as quais nossos atletas estão sujeitos e mais do que entender, precisamos adaptar estes novos conhecimentos aos nossos conceitos já sedimentados e fusioná-los, entendendo que os mais variados esportes tendem a nos entregar variadas demandas e necessidades. 

Lembrando que conceitos como saúde, dor, bem-estar, qualidade de vida entre outros, são bem subjetivos e podem significar coisas diferentes para profissionais da saúde e atletas. Muitas vezes para um atleta ser ou estar saudável significa estar apto a competir, mesmo com a presença constante da dor e desconforto. Por isso é tão importante conhecer a "cabeça do atleta", entender as suas prioridades e seu contexto. Pois só assim podemos apresentar alternativas viáveis para o cenário em que nosso paciente se encontra. 

 

Por essa razão é interessante que o dentista do esporte goste e acompanhe competições esportivas, não necessariamente estou dizendo que precisa ser um atleta ou torcedor fanático, nada disso, mas gostar de esporte e de acompanhá-lo está conectado com nosso trabalho. 

 

Todo dentista deve mesmo fazer exercícios físicos regulares pois isso previne muitas doenças crônicas musculares e articulares que estamos sujeitos devido a natureza de nosso trabalho. PORÉM: ser dentista E atleta não significa estar apto a atender atletas, chega disso. 

 

O atendimento a atletas exige conhecimento e treinamento diferenciado e especializado. E felizmente, profissionais com este perfil e treinamento crescem cada dia mais no país. O Brasil ainda será um país bastante expressivo na Odontologia do Esporte em todas as suas vertentes, tenho certeza disso.

 

Boa semana pra todos! E bora estudar!!

 

 

Clara Padilha

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Livros que todo cirurgião-dentista do esporte deve ler!

February 18, 2019

1/4
Please reload

Posts Recentes

August 13, 2019

Please reload

Arquivo